Seu browser não suporta JavaScript!

Portal Portal Padrão Barra de Identidade Visual do Governo Federal na Internet - APLICAÇÃO do Governo Brasileiro
Página Inicial » Notícias » asdIFPR é destaque em evento da ONU sobre Educação Executiva Responsável

IFPR é destaque em evento da ONU sobre Educação Executiva Responsável

quarta-feira, 29 de novembro de 2017 - 1:54 PM

Após ter se realizado duas vezes na Europa (2014 em Chur, Suíça, e 2016 em Krems, Áustria) e uma vez na África (2015 no Cairo, Egito), a 4ª Conferência em Pesquisa para a Educação Executiva Responsável (4th RME Research Conference), encontro de pesquisadores acadêmicos de entidades associadas ao PRME (Principles for Responsible Management Education), aconteceu na América Latina em 2017 (Curitiba, Brasil, em 13 e 14 de setembro). A iniciativa para o evento foi do Grupo de Trabalho “Pobreza, um Desafio para a Educação Executiva” do PRME.

O PRME é uma plataforma global das Nações Unidas (ONU) de engajamento voluntário para as escolas de negócios e outras instituições de ensino superior. Uma organização que adere ao PRME manifesta a sua convicção de que as instituições acadêmicas, por meio da integração de valores universais no currículo e pesquisa, podem contribuir para um mercado global mais estável e inclusivo, ajudando a construir sociedades prósperas e bem sucedidas.

Os temas das conferências sempre foram definidos em torno dos objetivos globais do PRME. Desde a adoção pela ONU dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em setembro de 2015, tanto o PRME quanto o Pacto Global escolheram os ODS como suas bandeiras.

Um dos destaques dos eventos tem sido a oportunidade de enfatizar os temas relevantes para a região do local de realização, sem perder a abertura aos respectivos aspectos globais. Assim, a 4ª Conferência foi de particular interesse para os membros do Capítulo Brasil do PRME, e para a comunidade acadêmica nacional e latino americana. Eles tiveram a oportunidade de compartilhar seu conhecimento e metodologias de pesquisa e ensino, desenvolvidos no ambiente nacional, com as visões e experiência de colegas de alto nível de todo o mundo. Os tópicos específicos relacionados aos ODS foram determinados durante o processo de construção do programa.

Os principais co-organizadores são o Capítulo Brasil do PRME e o PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, que contaram com o apoio do PRME Secretariat, do GT em “Pobreza, um Desafio para a Educação Executiva“, do PRME, e do Capítulo Regional DACH (Alemanha, onde acontecerá a próxima conferência, na cidade de Colônia).

Durante o evento, foram feitas 81 apresentações individuais orais no auditório Caio Amaral, do Campus da Indústria da Fiep, em Curitiba, abordando temas sobre desenvolvimento sustentável e novas pesquisas de implementação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

O foco principal dos painéis, artigos e palestras da conferência foi abordar a importância do envolvimento da educação, pesquisa, negócios, governo e sociedade para o alcance dos ODS. “As nossas instituições educacionais estão comprometidas com a formação de pessoas, que desenvolvem a sustentabilidade como valor. Assim, o Sistema Fiep está alinhado aos princípios do PRME e apoia a realização do RME Conference”, afirma o superintendente do Sesi e do IEL e diretor do Senai no Paraná, José Antonio Fares.

Com esse viés guiado pela educação e sustentabilidade, o evento acadêmico, voltado a estudantes de ensino superior, reuniu participantes de todo o mundo, como México, Estados Unidos, República Dominicana, Argentina e Itália.

Participação do IFPR

Após passar por rigorosa seleção, o trabalho científico “1º Workshop de Tecnologias Agroindustriais do IFPR – IFAgroTECH” foi escolhido para ser apresentado na categoria Workshop, com 1h30 de duração, tempo maior que o tradicionais 15 minutos dos artigos científicos. Somente 2 trabalhos dos 81 aprovados foram assim determinados para apresentação.

Este trabalho foi escrito pelos professores Kellerman Godarth e Marcos Schmitt, do Campus Capanema, Eduardo Takao, do Campus Pinhais, Gutemberg Ribeiro, da PROAD (Pró-Reitoria de Administração) e Cleber Serafin, da PROEPI (Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação), e é resultante do 1º IFAgroTECH que aconteceu no Campus Capanema em 28 de abril deste ano. Atende 9 dos 17 ODS, o que corrobora com a tônica do evento que enfatizou que os objetivos não podem ser trabalhados individualmente, mas sim de forma sistêmica e harmônica.

O artigo relata como se organizou e executou o 1º IFAgroTECH, mas principalmente explica como o mesmo classifica-se como uma importante inovação educacional. A partir do levantamento das demandas dos produtores rurais locais, alunos e professores desenvolvem projetos de solução, utilizando para isso o que aprendem em sala de aula e nos projetos de pesquisa e extensão dos quais participam. Desta forma, praticam a Teoria da Aprendizagem Transformadora, estratégia educativa que permite “aprender, compreender e dialogar com a multiplicidade de aspectos que modulam as crenças, os hábitos e os comportamentos dos indivíduos e grupos com os quais interagimos“ (Meyer et al, 2006, p. 1340, apud JACOBI, 2005).

Durante o workshop foi apresentada uma das soluções que já está em desenvolvimento pelos alunos do projeto de robótica do Campus Capanema, sob orientação do Prof. Edimaldo Fialho Nunes de Oliveira, que visa solucionar a demanda por ventilação em aviário, utilizando para isso o conhecimento e as técnicas em arduíno, que é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre. Outras soluções tmbém estão em desenvolvimento por alunos dos campus Capanema, Pinhais e Pitanga.

Desta forma, o IFPR insere-se nas principais discussões acerca de uma Educação para o Desenvolvimento Sustentável em nível mundial, demonstrando o que tem feito para isso junto aos seus alunos e a comunidade onde está inserido, levando efetivamente o conhecimento científico desenvolvido dentro dos muros acadêmicos para que sejam plenamente utilizados pela sociedade.

« « Processo Seletivo para cursos técnicos EaD tem inscrições prorrogadas até 26 de novembro   Técnico Integrado em Agroecologia no Regime de Alternância Resultado provisório entrevistas » »